Exames e Trantamentos

Especializado no diagnóstico e tratamento das alergias respiratórias:

– Avaliação Clínica;
– Testes alérgico;
– Testes laboratoriais;
– Rinomanometria;
– Imunoterapia (vacinas).

Alergia Nasal
Produz um importante impacto na saúde dos pacientes, alterando profundamente sua qualidade de vida, o que se traduz em uma menor capacidade esportiva, social, profissional, intelectual e educativa.

O deterioro se produz por seus sintomas crônicos: secreção aquosa, espirros, tosse crônica, congestão ocular, obstrução nasal, disfonia, cefaléias, migranhas, perda do gosto e do olfato e uma maior propensão às infecções. Também deteriora de forma pronunciada a estética do rosto do paciente, pela congestão crônica, edema e inflamação facial que provoca.
O controle de seus sintomas revitaliza e rejuvenesce o rosto do paciente, através do controle da congestão alérgica crônica.

Quando dá origem à sinusite crônica, é a afecção que causa maior ausentismo escolar e a principal causa de demissões nos EEUU (31%).


Teste Alérgico
Teste cutâneo (prick test)

O teste alérgico cutâneo serve para o possível tratamento das alergias respiratórias, utiliza um método para diagnóstico seguro e indolor.

Deve ser realizado pelo médico, que após histórico clínico e análise dos resultados, determinará quais substâncias podem ter importância no quadro clínico e, portanto, deverão ser avaliadas. O desconforto pode ocorrer pelo prurido (coceira) localizado à área do teste, no caso da reação positiva.

Na maioria das vezes é realizado no antebraço após higiene local com algodão e álcool. O resultado é obtido em 15 a 20 minutos e a reação positiva consiste na formação de uma pápula vermelha, semelhante à uma picada de mosquito. Esta reação indica presença de IgE específica ao reagente testado

Em algumas situações, o teste cutâneo deve ser substituído pela dosagem de IgE específica no sangue. São elas: necessidade de uso diário de anti-histamínicos (antialérgicos), não disponibilidade de material para teste, presença de eczema severo ou história sugestiva de reação intensa (reação anafilática) a determinado ambiente. Muitas vezes o médico realiza duas formas de avaliação para ter maior segurança no diagnóstico.


Rinomanometria
A rinomanometria tem como finalidade avaliar a potência nasal e, geralmente, é realizada com a provocação nasal, observando o efeito do alérgeno nos quadros de obstrução nasal.

É um exame dinâmico que calcula fluxo, pressão e resistência nasal. É realizado com auxílio de um rinomanômetro, aparelho que mede o diferencial de pressão fluxo aéreo transnasal. Esse aparelho determina em números a dificuldade que o indivíduo tem para respirar pelo nariz.

A duração do exame é de 20 minutos divididos em duas etapas.

Clínica de Otorrino 2020 – Todos os Direitos Reservados